sexta-feira, novembro 25, 2005

O feliz contemplado...

é António Mesquita.
Parabéns.

14 comentários:

António_Pinto_de_Mesquita disse...

YUUUUPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

António_Pinto_de_Mesquita disse...

Onde se vai buscar?

A.P. disse...

Parabens!!!
Bom espectáculo.

António_Pinto_de_Mesquita disse...

Já sei onde tenho que os ir buscar!

É incrivel como posso virar criança por ganhar convites para um concerto, mas quem me ve agora diz que sou uma criança grande!

um estranho disse...

Todos nós virámos crianças de repente António. Parabens !!!

Sê criança por nós, pelo menos por uma noite :)

António_Pinto_de_Mesquita disse...

Acredita em mim, vou ser! de já até lá

Maria disse...

Parabéns e até lá!!!

A.P. disse...

Todos nós temos uma criança dentro de nós. E de vez em quando, ups... lá salta ela cá pra fora.
E tão bom que é quando ela se consegue libertar.
:)

um estranho disse...

Ha mas agora é tarde demais João.
A vontade já está instalada!


Hoje não deixo um abraço,
ficam beijinhos para TODOS.
Bom fim de Semana.

Mariana Matos disse...

parabéns!

um estranho disse...

o mais dificil confesso, foi controlar a vontade de levantar o rabo da cadeira cada vez que voces começavam aos pulos.

Estou sem palavras. FANTÁSTICOS.

Reina a boa disposição em palco. Isso contagia João, que ritmo.

O Nuno está MARAVILHOSO em palco, com um estilo muito proprio.

GOSTEI MUITO.
Foi preciso um empurrão para sair de casa e ir ver-vos. Devia ter vergonha por isso mas nao tenho. Estou feliz por ter ido.

Estou fascinada. E a sala era linda.
Até amanhã João.

Maio Z. disse...

Tive a oportunidade de os is ver tambem e fico orgulhoso do meu Portugal. Grandes musicos, grandez vozes, grandes canções resultam num grande espectaculo.
Parabens

Bárbara Vale-Frias disse...

Parabéns, Mesquita :)

(Oh... e eu que estive afastada da blogosfera uns dias e nem soube deste concurso!)

António_Pinto_de_Mesquita disse...

Um concerto fantastico, eu era aquele que fazia soms de cão no meio mas musicas. Houve musica, muitas palmas, risos, também por causa do Nuno Norte. O joão falou nos amigos, No Artur, que vi (mas não ao alexandre) falou no João Monge e brindou-nos com uma noite de bela musica.