segunda-feira, novembro 28, 2005

Tem dias...

Há dias em que tudo corre devagar...

Há dias em que mais vale...
Há dias na vida dum agricultor...
Há dias que nunca se esquecem...
Há dias vi-te passar...
Há dias mais pequenos que a noite...
Há dias para tudo...
Há dias assim...

Há dias meu querido diário, em que tudo está escrito...
Tanto lá em cima como cá em baixo.


13 comentários:

Baggio disse...

Há sempre dias que nos fazem pensar um pouco.

nascitura disse...

Há dias em que tudo pára...

Há dias em que não vale...
Há dias na vida dum compositor...
Há dias para esquecer...
Há dias que não te vejo...
Há dias que parecem noites...
Há dias para nada...
Há noites assim...

Petra disse...

Há dias em que bebo a isso tudo.


(e em jeito de clin d'oeil ao Geodésico lá em cima: Há dias em que a unha e a carne deixam de ser mito e passam a ser gente.)

A.P. disse...

"NEVOEIRO

Nem rei nem lei, nem paz nem guerra,
define com perfil e ser
este fulgor baço da terra
que é Portugal a entristecer –
brilho sem luz e sem arder,
como o que o fogo-fátuo encerra.

Ninguém sabe que coisa quere.
Ninguém conhece que alma tem,
nem o que é mal nem o que é bem.
(Que ância distante perto chora?)
Tudo é incerto e derradeiro.
Tudo é disperso, nada é inteiro.
Ó Portugal, hoje és nevoeiro...

É a Hora!"

Fernando Pessoa (A Mensagem)

Mariana disse...

"Há dias em que não cabes na pele com que andas parece comprada em segunda mão, um pouco curta nas mangas. Há dias em que cada passo é mais um castigo de Deus (...)"
;)

António_Pinto_de_Mesquita disse...

Boas,
Há dias de frio e neste nos temos a sensação de que os melhores dias do ano foram ontem ou antes disso. Quando temos muito frio temos a sensação que há dias que só queremos ficar na cama. Por vezes questiono, seria hoje um desses dias?

Salomé disse...

Há dias em que tudo nos toca.

Maria disse...

Há dias em que não sabemos decidir se estamos tristes ou bêbados de alegria. Há dias em que queremos comemorar o facto de abrir os olhos e receber um beijo do tamanho do Mundo. Há dias em que comemoramos o nascimento dos nossos rebentos. Parabéns M.

sónia disse...

Há dias cheios e dias vazios!

M disse...

Tem? Temos? Têm?

Maria disse...

PS: Parabéns à minha filhota M.

um estranho disse...

mais outra fotografia.
E bonita.

Sabes que há dias em que as horas parecem minutos? Normalmente é ao contrário ... passam devagar devagarinha e com tempo para tudo.

soniaq disse...

Este "post" fez-me lembrar dias de saudade, dias duros que se relembram com uma lucidez cortante, dias perdidos que julgávamos ganhos, dias sem luz. Há a proporcionalidade dos mesmos, é o que nos safa, basta um dia de alegria para nos bastar.
Até