quinta-feira, dezembro 01, 2005

O dia que nunca acaba

Meu querido e estimado:
Foi incrivelmente bonito este dia, hem?
Estou a chegar de uma jornada fantástica.
Aliás, creio que este dia começou ontem, ou mesmo antes.
Primeiro, a Sara gingando no seu universo... balanceado.
Se fosse um pintor, seria Sara a minha severa.
A minha coroa de sua glória.
Mas não!
Desajeitadamente teclo....
Ah!
....e danço....no videoclip.
(Toma e embrulha)

Depois veio o meu irmão Gaudêncio, de um enorme coração, que até estruje!!
Aquele homem como ele, cresceu dentro de si.
Lutou e trabalhou.
Tem o Tê que é muito caminho andado.
Tem amigos que sei lá o quê.
Uma família incondicional que se preza de ser.
Tem uma mulher inteligentíssima que não é pouco.
Não sei o que aquele desgraçado pode querer mais?
Vá dar uma curva!

Hoje ajudei a uma festa da RTP, acerca do trabalho voluntário.
Vi pessoas que há muito não via.
Fiquei como estou.
Feliz por todos.
Também eu cresci.

Ainda dei um salto à FNAC do Colombo, dar música a quem a merece.

"O dia que nunca acaba" podia ser uma daquelas banhadas...tipo perto de si...
pela voz do J.D. Nunes...

Olha meu querido amigo:
Amanhã?
Logo se vê!

...ou...logo se viu??

Vá!
Dorme bem!


Foto: Lourenço Gil

8 comentários:

nascitura disse...

Também podia ser:
"O dia em que o João deu um abraço crescido"

Patsy-Nana disse...

Isso é que foi um dia preenchido! :) Mas BEM preenchido, um daqueles dias em que chegamos à caminha satisfeitos connosco, felizes por termos aproveitado bem cada segundo do nosso dia! Assim vale a pena, não é? CARPE DIEM!

um estranho disse...

é uma pena que um homem como Ele não entenda que tem tudo o que precisa, o valor mesmo ali ao lado. Não precisava continuar a procurar.

Porque é que o homem é um eterno insatisfeito na procura sabe lá ele do quê.

E a vida tão curta...




Logo se vê, definitivamente.

António_Pinto_de_Mesquita disse...

Boas,
Há dias que pensamos merecer o sono dos justos mais que outros, este deve ser dos mais.

Abraço

Petra disse...

João, a Filarmónica devia gravar um cd de Stand up comedy. :D

beijos e até breve

Maria disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Maria disse...

Acredito que a vida só nos faz cair para aprender, e assim, crescer.

A.P. disse...

Boa ideia Petra. De certeza que era um sucesso!
Devem ter respirado alguma da comédia que ficou no ar da actuação anterior. ;)