terça-feira, agosto 08, 2006

O beijo suspeito






Pois é
Assim que ti vi assim
Por impulsos díspares,
Nem pensei duas
Agi por ti
Agarrei-te cheia
Uivei o teu nome
Já se sabe
Sem antes te apanhar pelo dorso
Como é obvio
Gosto das tuas costas
Dos teus dois buraquinhos no fim das costas
Desse mistério infindável
Vou desafinar-te sem remédio nem cura
Como podes calcular
Confiar-te um segredo no pescoço
O teu pescoço
Ossatura dura
Dá-te nas minhas mãos
Abraço-te
Tu só queres um abraço
Sei disso
Ou um beijo suspeito

Grita-me!!

6 comentários:

Petra disse...

"Eu fui ao fim do mundo
Vou ao fundo de mim
Vou ao fundo do mar
Vou ao fundo do mar
No corpo de uma mulher bonita"
(lembrei-me deste tema fabuloso - que é mesmo fabuloso, não é? - quando vi essas tuas linhas)

Ler assim dá uma graça diferente a ser mulher.
Eta, coisa bonita.

verdeg disse...

HUM.............
Que beijo tão suspeito será esse?
Que das mulheres basta ouvir gritar, para esse beijo soltar?

Será que nos confia esse segredo?!?

Um beijo.....sentiu....

Alex disse...

Ela diz que foi apenas um beijo de amigos, que no Brasil os amigos se cumprimentam assim. Com tanta coisa que se passa no mundo e as revistas cor de rosa preocupam-se com os beijos suspeitos das pessoas!

Não há pachorra.

Se andassemos todos por aí a distribuir beijos na boca aos nossos amigos deixaria de ser notícia. Mas depois escreviam sobre o quê?

Olha, boa, sobre o panorama musical português. Mas até isso desfaz os debates, anda-se a discutir a "qualidade" da musica Portuguesa e não se vai ao cerne da questão: A DIVULGAÇÃO.

Um beijo João! (insuspeito)

Sílvia disse...

se não fosse pelos "dois buracos no fundo das costas" ia jurar que falavas de uma guitarra...
Tocar uma guitarra ou tocar uma mulher?... Por alguma razão o mestre Chaínho chamou a um disco "A guitarra e outras mulheres"...

Bruxinha disse...

Beijo suspeito...
Gostei do título e do texto. Gostei principalmente, por saber o que achas em relação ao beijo e à "banalização" que, às vezes, se faz do mesmo. Recordou-me uma conversa interessante da tua perspectiva sobre o assunto.

Até breve.

Beijokas

soniaq disse...

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!

Não sou viola nem violoncelo, gosto dos decotes em V e grito, mas mal, por isso é melhor começares a dedilhar uma música cá pás gentes.

Não ligues, hoje deu-me para desafinar. Boa noite e toma lá um bejo na testa (respeito é bonito).