terça-feira, novembro 07, 2006

Vou ali e ja venho

Estimado amigo

Cheguei há pouco do Chico no Coliseu de Lisboa.
Digo-te:
Inteligência pura.
Em cada texto cantado, desenrola-se uma trama enorme
em apenas 2 ou 3 minutos no máximo.
Sem repetições ou aproveitamentos até à náusea
de refrões do universo pop, é um fenómeno contra uma
corrente de tempos basicamente básicos, e atenção que não disse o inacreditável:
“ adoro esse Pais maravilhoso “
A minha vénia amigo Chico.

O homem Sadam pode ser tudo aquilo
de que é acusado e ainda mais,
um filho da puta acabado do mais refinado,
um agente a soldo e armado pelo mesmo ocidente
que o condena e mata agora.
As democracias lavam assim as suas consciências,
num rio de água suja pelo lixo americano.
Como não defendo a pena de morte,
faz-me confusão, ser confundido sem sucesso,
por uma condenação sem timing, por um tribunal aparentemente civil.
Não convence.
Como é que se digere, os sucessivos bombardeamentos,
com base em provas infundadas?

Vou ali e já venho.

Um abraço

4 comentários:

Alex disse...

Foste ver o Chico.
Lembro-me sempre da canção (mais da melodia, acho linda) das Mulheres de Atenas.



Acho que não se digerem.
Com muita pena minha.
Um beijinho João

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Olha...e eu também vou...vou,mas não sei se volto.

Beijo

TiagoIsidro disse...

Curiosidade: estava a ler este post e a ouvir Roda Vida do Chico! Engraçado não é?

É incrível a capacidade dele de "fazer" música, mas ainda é mais incrível a capacidade dele a "fazer" literatura...

Quanto ao Saddam... a barba dele está demasiado grande!

Abraço,

Tiago Costa

Pêndulo disse...

Olá, João! :-)

a proposito dos concertos do Chico Buarque, fui no dia 30 ao Coliseu do Porto e saí com um sorriso que não me cabia na cara... a meio do Concerto, praticamente todo o Coliseu já estava de pé, cantando os temas do Chico... não é propriamente um mocinho, o público tinha uma idade muito variada -quase dos 8 aos 80- mas o que é certo é que fez vibrar o público e os comentários à saída eram muito bons... o Chico e os seus músicos (todos já de uma certa idadezinha), escolhendo um alinhamento simpático, misturando musicas muito conhecidas com outras não tão conhecidas, sem grandes efeitos no palco... simplesmente o Francisco Buarque de Hollanda, um grande músico... e um dos momentos fabulosos que vivi nos ultimos tempos...

(Não sei se viste já o filme Vinícius... mas vale a pena "ganhares" 2 horas na sala de cinema...)

Quanto a Saddam... não se podia aproveitar a leva e eliminar também o Bush e todos os atrasados-mentais-com-cargos-políticos-importantes?? como nos Saldos... trazes várias peças pelo preço de uma só... aqui eliminas vários, pelo custo de um...

Boa semana... e até 6a feira... em Sintra!!!! :-))))))