quinta-feira, junho 30, 2005

Isto pode acabar mal

Afinal esta cena também pode ser uma espécie de confessionário, uma forma de terapia...bah...sei lá?
senão vejamos:

Aquele produto enlatado que dá pelo nome de "telenovela" começou em grande com "Gabriela...tararatara".
Foi muito bom, e caramba! Aquela mulher desarrumada, suja, despenteada, quente, morena, ingéua, infantil.....uff!!
Seguidamente aparece "O Casarão" e....fiquei-me por aí.
Depois disso algo me dizia que estava a ficar tudo dito, do género:
Poing, poing!!
Ok pessoal
- É para rir.
Morre alguém, dão-nos o plano de "Paulo"
- Pronto, está encontrado o assassino. É o Paulo evidentemente, embora "Pedro" tenha aparecido ultimamente talvez para dificultar um pouco mais a coisa.

Curiosamente o mesmo acontece com muito do cinema americano de encher pneus, em que o filme se desvenda nos primeiros diálogos, fazendo do espectador uma criancinha que deve ser conduzida com cuidado até ao lado de lá da rua.

Da parte que me toca, muito obrigado pela preocupação

Muito bem.
Nada de novo.

Até que... alto lá!!
Recebo uma chamada dizendo que....conseguimos! A música vai entrar na nova novela que vem aí.
Saltei e gritei! Uau! Fantástico ! Ia chegar a muita gente e mais rápido do que o normal.
Depois.......corei........pensei.......ah.....lembrei-me dos argumentos de muitos actores que conheço bem...deambulando entre o prazer de fazer cinema e a utilidade de fazer novela sendo que o prazer não é posto de parte neste caso, e.......
enfim, aqui estou eu a partilhar as incertezas em que que caímos.

Por isso, caro leitor

NÃO PERCA O PRÓXIMO CAPÍTULO DESTA NOVELA DE FIM PROVAVELMENTE TRÁGICO

6 comentários:

Iris disse...

Deixo aqui um beijo enorme de admiração!

Sofes disse...

A novela sem dúvida que ajuda... tem ajudado pricipalmente os artistas novos(ainda poucos, nesse campo), vozes novas que surgem no panorama musical português, a divulgarem o seu trabalho.

Independentemente de os enredos diferirem apenas nos nomes e locais de filmagens, vale-nos em Portugal a aposta que a TVI tem feito na produção de novelas e outro tipo de ficção, onde tem lançado novos talentos, gente jovem em início de carreira, e onde dá de novo voz e cara aos "velhos" artistas que não conseguem fazer cinema, teatro, etc por falta de apoios... e afins.

No panorama musical...
No caso da Filarmónica Gil, não creio que a aparição na novela melhore/aumente assim tanto a vossa audiência. O vosso talento, ou melhor, a vossa excelente conjugação de talentos, transcende qualquer promoção em telenovelas. O nome de cada um de vós já falava por si... juntos, e como disse uma amiga minha, fazem uma mistura explosiva!

Ainda para mais, antes disso já se ouvia na rádio...
Já a inconfundível voz do Nuno se difundia pelas ondas, sempre acompanhada de comentários dos locutores, não deixando esquecer o "teu" grupo: "a voz de Nuno Norte, no novo projecto de João Gil, a Filarmónica Gil..." (pelo menos na Rádio Comercial, que foi onde conheci este teu novo projecto.

Excelente, por sinal!!!

Lyra disse...

e eu que nem vejo novelas. Bolas. Mas oiço rádio. TOdo o santo dia. E foi na RFM que ouvi e me encantei. "Perfeito" foi o que me ocorreu quando ouvi a primeira vez. O "casamento perfeito" de musicos e da voz rouca e doce do Nuno Norte. Uma letra que fica no ouvido. "adoro isto"- digo-o de todas as vezes que a oiço.

Rita disse...

Bom, aqui posso chamar-te João e tratar-te por tu. Mas como é que foste parar ao meu blogue? E como é que jogas futebol em Nossa Senhora de Machede?

Rita disse...

Ah, e já pus o geodésico lá na minha loja e vi-o todo. E olha, caraças, porra, bolas, cum caneco, arre, que bom que ele é!

A.P. disse...

Imaginem um homem como ele… Sim, ele
Com o seu talento e capacidade criativa,
Como é possível ter incertezas?
Todos nós as temos… uns mais que outros
Até o mais experiente dos artistas
De cada vez que pisa o palco,
Não consegue deixar de sentir aquele arrepio na espinha
É da natureza humana… Ter sentimentos…

Sentimentos… é isso mesmo que as suas músicas me despertam.
Sentimentos bons… recordações… alegrias e tristezas
Só uma combinação de muita qualidade
Pode fazer tanta gente sentir-se assim…
Despertar tantas consciências para as coisas mais simples
Que muitas vezes são as mais bonitas…
Continua como és, homem magro e grisalho
Continua a encher o nosso mundo de doce melodia… e sentimento