terça-feira, outubro 25, 2005

Dores de amor

Ó meu querido diário:
Apanhei-te, apanheiiiiiiite!
Já tinhas saudades....confessa!
Não conhecias o sabor dessa palavra maldita,
desconhecias por completo que, inclusivamente, ah! ah!
Provocava danos e até quem sabe...dores?
Sabes porventura que aqueles que amam sentem... dores?
Pois...
É tão bom ter dores de amor,
Sentir a falta de alguém.
Deu-me pra isto, falar-te assim de coração.
Não ligues a coisas de nada.
Deixa....

Digo-te:
Hoje, quase noite, corria com o João Pedro Pais, que é o único maluco como eu,
e faziamos diagonais no relvado do estádio nacional,
Vai vai...aguenta...puxa agora....
Sem luz, sem ver, gritei-lhe, em pleno voo, se ele já tinha sonhado que corria por cima do mar?
Ele bofejou que sim.

Um dia destes falo-te dos sonhos em que voo, de varanda em parapeito,

Procurando por ti.

Tenho dores de ti.



Wim Wenders

13 comentários:

Dungo disse...

Fala mesmo amigo! Sabes que depois de te ouvir sonhei, hoje mesmo, que voei! Juro! E foi tão bom! Mais uma vez obrigado....

ojitos disse...

puxa...voar... :) que coisa tao gostosa :)

beijos,
jo

sem cantigas disse...

bofejo: muito bonito!

M disse...

Por cima do,mar, da cidade, das nuvens,das estrelas, dos planetas, da tua casa, das baleias, do gelo, do deserto, das árvores, dos girassois, do próprio sol, voarrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr!

nascitura disse...

"A gente só nasce
quando somos nós
que temos as dores"

Natália Correia

A.P. disse...

"É tão bom ter dores de amor,
Sentir a falta de alguém."

Eu, na minha modesta opinião acho q: É bom ter alguém de quem sentir falta porque quando a saudade é demasiado forte...

M disse...

Ahhhhhh! Também tenho lá as asas do desejo!

Bárbara Vale-Frias disse...

Adorei o comentário da Paula Canhão. Não conhecia esta frase (será isto imperdoável?...) mas agora jamais a esquecerei.

Realmente, despertamos mais para a vida quando as moínhas começam. Dor aqui, dor ali... lá vamos crescendo e fortalecendo-nos.

Dores de Amor? Quem nunca as teve...? ;)

(quanto à corrida ao lusco-fusco, só faz bem! :) )

Elora disse...

Penas...

Lyra disse...

É agora bom ter dores de amor! Não ligues ao que ele diz querido diário (dele)! As dores são isso mesmo! Dores! Ah! não é nada bom! Doiem que se farta. Desespera-nos. Querido diário (dele) isso devem ser coisas que ele diz quando está em pleno voo. Um dia destes, nos meus voos nocturnos, se eu ver o teu dono(desculpa se aqui te fiz sentir um bocadinho cão querido diário (dele) mas não foi por mal)vou dizer-lhe isso mesmo! Que as dores de amor não são boas. Palavra que não.

um estranho disse...

O amor o amor o amor o amor o amor o amor o amor o amor o amor o amor

ai o amor de um homem como tu.
Não tu!


Haverá melhor coisa que esse brilho nos olhos que nós daqui não vemos, mas até que conseguimos imaginar, sem muito esforço sequer.

Sê Feliz. Muito.

Sílvia disse...

"Nas Asas do desejo"... magnífico filme.

Alex disse...

Dores de amor, pois.