quarta-feira, outubro 19, 2005

O meu céu

Olha, meu querido diário:
O que eu te digo é que às vezes pensamos que, por sermos um pouco diferentes, somos algo ...
Não, não ia obviamente de smoking ou raio que o parta... também, quem se iria preocupar com isso?
Odeio a palavra "ARTISTA".
Um execrável e horrível termo que vai de Ágata a Zandinga num ápice.
Aos tais ditos cujos, tudo é permitido?
E depois?
É a rotina de uma regra estabelecida por quem acha que o chamado artista deve andar diferente...
Pimbalhices...azeitices...
Aqui sim, sou "racista" querido diário... na realidade, um problema para mim.
Amanhã, vou lavar a alma à Culturgest, vou dilitar-me, reciclar-me no meu amigo Pedro Sena Nunes.

Assim, chego ao meu céu.

Do teu sempre,
João


Robert Doisneau

9 comentários:

sem cantigas disse...

apetece-me ser algo...

M disse...

Garanto-lhe caro João que ao passar na R.do Teatro S.Luiz ia eu no carro e vinha o amigo muito bem posto com o seu fato e viola na mão com ar de trabalhador e não de artista, trabalhador que também sua e está cansado embora quem o visse lhe chamasse isso - artista só porque estava com bom ar!
Cidade pequena

um estranho disse...

Que ritmo João!

Bárbara Vale-Frias disse...

Fizeste-me lembrar aquela frase do Herman: "O verdadeiro artista..." ;)

Eu cá, uso muitas vezes a palavra artista; principalemnte quando quero brincar com os meus alunos e lhes chamo isso!

Boa lavagem de alma, então! :)

C disse...

Nem consigo imaginar qual é a imagem que querem passar, pedindo para usar smoking no lançamento de um evento desses... Mas enfim...
Só chega ao céu quem merece...

Um abraço

Dungo disse...

Realmente o que é isso de artista?!
Artista: s. 2 gén.,
pessoa que cultiva as belas-artes ou as artes mecânicas;
pessoa que exerce uma arte;
pop.,
operário;
adj. 2 gén.,
amante das artes;
fig.,
engenhoso, talentoso;
astuto, manhoso.

Pois é, era bom que as pessoas que tem tendência para rotular tudo fossem ao dicionário, para perceberem quão anbígua pode ser a sua interpretação.

A.na disse...

Um dia
deixaram-me um céu de beijos
que caía em mim
e me inundava...
como um sonho
desorientado
num mar de aromas...
...3 no minimo.
1 céu.
1 teu.
1 meu.

A.na disse...

ops(envergonhado),
...eu gosto do termo...
é piroso
mas não me importo!
Tanta luta,
minha,nossa,deles,
e de quem a quiser apanhar,
e porque basta viver,
e porque é orgulho bom e valente,
...e porque vale a pena,
sermos Amantes da ARTE...
...eu não me importo de ser
pimbalhona então!

filomena disse...

É admirável pensares assim.