sexta-feira, dezembro 16, 2005

Manobras de solidariedade

Meu estimado solidário:
Estou literalmente absorvido de tanta manobra de solidariedade.
A agenda fica preenchida por acções que se confundem e se atravessam no caminho dos três reis.
As televisões aproveitam para fazer a sua programação a custo baixo, tudo em nome do espírito natalício.
Os artistas da cassette aproveitam e aparecem.
É, por muitas razões, uma época de venda.
Um mercado aberto.
Todos responsáveis, caminhamos na nossa tarefa de viver pacatamente.
Como é que são as traseiras do Natal?
Não te rias...já te conheço.
Até a Disney tem aquela versão do velhinho vagabundo a espreitar uma família lourinha, abrindo prendinhas, tudo isto acompanhado de muitos violinos, neve e algumas lágrimas.
Mas há uma coisa que me deixa inquieto:

Porque é que muitos dos nossos velhos mais queridos escolhem o Natal para se despedirem da vida?

Vou de fim de semana alucinante.
Ainda não tenho prenda para ti.

Adeus, até segunda.

Esbruga-te na atitude!

8 comentários:

alfinete de peito disse...

Acho que os Portugeses pouco a pouco (felizmente)se têm habituado à solidariedade. As figuras públicas têm um papel fundamental para tal.

Bom fim de semana.
Temos dito.
Ass: Alfinete de Peito

um estranho disse...

Esbrugamos!

Bom fim de semana João,
esbruga-te por aí,

mas volta.

PS. Não te esqueças da máquina

nascitura disse...

...porque estão sós, como nós
mas sem a força que a idade lhes tirou

nascitura disse...

tenho a sensação de que quando me cansar, vou deixar que ela me leve...

JPN disse...

Bem esgalhado, João Gil. Prometi ontem que cá vinha, vim em dia de post inspirado.Ontem também tivémos a nossa noite mágica no Bleza, hem? E anteontem. As nossas noites gastas assim. abraço

Maria disse...

Uns nascem, outros partem, quem sabe, para voltar a nascer...

António_Pinto_de_Mesquita disse...

Boas,
No Natal nós, os velhinhos, e os sózinhos, todos acreditam que deveriam ter alguem para dar um abraço e desejar feliz Natal, mas nem todos temos.

Dulcineia disse...

A solidariedade também cabe às figuras públicas,não???Beijos e Festas Felizes...