quinta-feira, outubro 26, 2006

O entretenimento e a aprendizagem

O programa dos Grandes Portugueses
é um momento de pantufa no sofá Nacional.

Duvido totalmente destes processos de aprendizagem
que nem telescola, pretensiosa, e que afinal,
esconde apenas mais um negociozito de chamadas.
A democracia participativa
com valor de chamada mais o IVA


Já se sabe como é:

Sempre que abre o mercado de compra e venda,
os responsáveis da programação vão comprar os sucessos que fizeram ou podem
fazer sucesso.

Portanto está decretada a hora de discutir o nosso passado,
por imposição e desejo de decalcar o que vem de fora,
neste caso de Inglaterra.

Bora lá então:

Salazar,
Como é?
Foi bom?
Foi mau?

Ah?
Não se ouve nada.

Uma vez em directo no show do Herman,
levei com esse numero do branqueamento praticado
e homogeneizado pelo Prof. Saraiva.

Eu voto em Jorge que é mecânico, que teve o feito histórico de conquistar a admiração incondicional de seu filho Manuel.

12 comentários:

A.P. disse...

Olá João. Como vão correndo as coisas? Quando é que temos disco novo? Estamos ansiosos...

Também acho que isto de escolher o "melhor" português de sempre é mais uma forma de ganhar uns tostões. Somos todos os dias bombardiados com concursos, passatempos... é chamadas de valor acrescentado, é sms, tudo pra nos sacar mais algum do pouco que já temos.
Qto ao melhor português... acho que todos temos a nossa importância na sociedade e sinceramente não acho comparável a importância de Rosa Mota com Vasco da Gama. São importâncias e feitos diferentes.
Fica bem :)

soniaq disse...

Eu como ando na net, lá andei a pesquisar os cromos todos. Desiludi-me, as "sugestões" são parcas.... e muitas muito mal sugestionadas. Se o Gulbenkian fosse português.... para mim é um dos tais, um dos que eu considero. Há os Reis e os reizinhos, mas faltam homens do Povo, há um ou dois, Humberto Delgado era outro dos tais, em que eu consideraria "botar". E a Padeira de Aljubarrota. E depois há todo o Povo anónimo que teve que gramar com todos os canastrões até aqui, definitivamente o meu voto vai todo para o Povo Português, um País é feito de um colectivo com personagens ímpares e muitos deles tb anónimos, ah, ia-me esquecendo do Salgueiro Maia, grande homem, com cojones. E a conversa podia-se alongar como podes ver, e eu que não me calo. Grande beijinho Ó Grande Músico e Grande Português.

CL disse...

Eu lembro-me muito bem desse programa do Herman... Já passaram uns aninhos, mas mesmo assim parabéns pela intervenção!

Beijos, bom fds

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Meu voto vai, sem hesitação, para o povo português, o pequeno anónimo que é de facto o grande herói...e além disso, estamos a precisar de um pouco de auto estima.
beijinhos

Nuno disse...

Estás certamente entre os Grandes Músicos Portugueses.

E também me lembro do programa do Herman (entre vocês os dois estava o Lima Duarte, certo?):
- ... porque ele não está cá. Ele não está cá. [aplausos]
- Você vê daí e eu vejo daqui, pronto! [JHS denotando desconforto]

TiagoIsidro disse...

"Eu voto em Jorge que é mecânico, que teve o feito histórico de conquistar a admiração incondicional de seu filho Manuel"

Nada a dizer, está tudo dito!!

Aquele abraço!

Tiago Costa

Sílvia disse...

Eu também me lembro desse memorável episódio com o professor Saraiva. Como aplaudi a tua intervenção!
Simpatizo com o professor, mas não consigo compreender como é que alguém que dedicou a sua vida a investigar e ensinar a História de Portugal pode ter aquela visão do Estado Novo. O mais certo é tratar-se de hipocrisia e ele estar apenas a tentar defender a sua participação no governo de Salazar.
beijo, João. Bom trabalho.

Pêndulo disse...

Bem visto como sempre... :-)))

e sim, porque não dizer que o Jorge é o melhor Português?

para mim, por um milhão de razões, o melhor português não se chama Jorge nem é mecânico, por acaso... mas durante 36 anos esteve sempre lá... o meu pai!!

por acaso já tinha comentado isto com uma amiga "como sou modesta (ou não) não digo que o melhor portugues sou eu... mas para mim, o melhor portugues é o meu pai"...

vai continuando com os desabafos... e com os ensaios para dia 17, ok???

Alex disse...

Voto no meu pai. Sem qualquer margem de dúvidas. Para mim, é o melhor Português que conheço. Tenho orgulho nele.

E tenho orgulho em ti, pelas tuas ideias, por votares no Jorge.

Bom Domingo, Beijo.

Mariana Matos disse...

Eu voto na Sra. D. Ana que criou 5 filhos e hoje vive sozinha...

Lory Boy disse...

Eu voto no meu País! Voto na verdade! Voto naquele que penso ser melhor!
Mas se tivesse a hipotese de votar no "acabar com o programa" era o que fazia!
Ninguem dixa que se vote em quem se quer!
Quem vai na frente, se não for do agrado deles, é alvo a abater! E apartir dai tudo se faz!

Lory Boy disse...

e já agora, peço desculpa por me ter deixado levar pela febre politia, e não ter deixado aqui um abraço e afirmar a enorme admiração que tenho ao grande João Gil!