quarta-feira, setembro 28, 2005

Falamos depois tá?

Almoço e bazo rapidamente para o casino, ensaiar para o directo de hoje à noite,
no evento organizado pela Fundação Luso-Brasileira.
Faremos a Ala com o Zeca Baleiro que é um personagem de se lhe tirar o chapéu.
Bom, até aqui nada de novo, mas na origem deste post fica a sensação de um já visto e revisto
que se irá repetir por aí fora.
Desde há longos anos que os músicos Brasileiros vêm a Portugal fazer e divulgar o seu trabalho rotineiramente.
É bom que se falem abertamente destas coisas, sem alegorias ou arredondamentos adjectivais.
Não se podem queixar.
São recebidos por todas as televisões, são entrevistados pela imprensa, são acarinhados pelo público em geral.
O contrário nunca aconteceu, e existem muitas razões que explicam isso.
Dois pensamentos distintos, carregados de tranquilidade absoluta, marejados de suavidade climática:
- Nós, Portugueses, estamos bem graças a Deus.
É normal. Gostamos de música Brasileira, e ainda bem.
Aliás, em tempo de convulsões afectivas e emocionais, liga-se a radio, e lá está:
Aquela canção suave que parece que foi feita para nós.
Você....la lala lalalala...
Estou com pressa, mas volto a este assunto fássinantchi.

7 comentários:

Dungo disse...

Concordo plenamente mas já que é para falar sem pápas na lingua, é difícil para um país que é dos maiores e melhores produtores de música mundial, quanto a mim, ter capacidade para absorver uma música que nem no próprio país é valorisada! Assim fica dxifícil, né?

A.na disse...

Preparo-me para o ver João...

"Sê inteiro...
nada teu exagera ou exclui."
(F.Pessoa)

UnaRagazza disse...

Foi mesmo fássinantchi! Aquela 2ª foi dxi arrásar, dximais!!! "I'm so alone, vamos viver pra Babylon...) Lindo!!!!
Louvável iniciativa!
*

gardenia disse...

joao, obrigado pela força!
Que corra tudo bem tb com o vosso projecto, está lindissimo.

1 abraço!

miguel serôdio

andrezero disse...

parabéns pelo blog e pela coragem de o escreveres. parabéns acima de tudo pelo optimisno, o mundo bem precisa.

vou passa a ler frequentemente para conhecer melhor esta personagem misteriosa, ou talvez o homem que se escondeu atrás dela todos estes anos (desde minino)

fico à espera do restos dos argumentos deste post, acima de tudo fico à espera de poder esgrimir alguns argumentos relativos à música portuguesa em geral, pois nunca me identifiquei com os discursos dos supostos defensores da música portuguesa (não sei se já trilhaste esse caminho publicamente, mas tenho ideia que sim, tipo em galas-RTP-da-MPP, salvem-a-MPP, etc...)

fui saltando até ao fim dos artigos e parece-me que os desabafos ainda não passaram por aí

boa sorte para os projectos e falamos então depois

um abraço

andré

(zeznf!)

A.na disse...

Mil Bravos...
e umas fotografias
rascas mas LINDAS!!!
Abraço...

A.na disse...

Rascas as fotografias que eu tirei...
Obviamente!!